A situação da indústria cacaueira foi motivo de debate, nessa quarta-feira, 18, na Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado Federal, com a presença de estudiosos no assunto.

O principal ponto debatido foi o do endividamento desse importante setor da agricultura nacional que continua irresoluto mesmo com o perdão parcial de juros e multa.

Segundo o economista Nelson Fraga Filho, seria necessário o estabelecimento de novos parâmetros para pagamento da dívida, entre elas, incluir os cacauicultores nas regras de refinanciamento para os agricultores do semiárido nordestino.

Nelson lembra que o problema do endividamento dos cacauicultores teve início em 1995, com a introdução da vassoura de bruxa. A partir daí, a cultura do cacau caiu vertiginosamente, na Bahia, pondo o segmento num contínuo desgaste econômico, até os dias de hoje.

Para saber mais sobre debate no Senado, sobre a cacauicultura, CLIQUE AQUI.

 

Deixe um comentário

avatar
Fechar Menu