Crédito da foto: reprodução TV TEMO trabalho com gramíneas, adubação dos terrenos, afora a distribuição correta de bebedouros e comedouros para o rebanho. São estes alguns dos alvos observados pelos fiscais da Defesa Agropecuária quando de visitas a propriedades que trabalham com pecuária.

Os fiscais se preocupam com a erosão em áreas que são frequentemente pisoteadas pelo gado, o que fica mais fácil de acontecer no caso de o solo, assim castigado, não sofrer ação corretiva assídua. O resultado, no caso de falta de cuidado, é a formação de enorme buracos, com o passar do tempo.

No município de Sorocaba, um dos mais fortes no setor agropecuário, são comuns as multas aplicadas pela Defesa Agropecuária local. Há casos de proprietários que se comprometem a corrigir fissuras, provocados pelo uso dos pastos pelo gado, e nada fazem.

Mais informações sobre o assunto. CLIQUE AQUI.

Deixe um comentário

avatar
Fechar Menu